O ESPÍRITO DA CRUZ .128 – OS TODOS DA BÍBLIA

Ambrósio, no 4º séc, dizia: “se você for um incrédulo quando morrer, Cristo não terá morrido por você.” Assim, podemos dizer que Cristo morreu em favor dos que creem, ou, Cristo morreu por um povo que viesse a crer. Ele não morreu pelo incrédulo que ficaria incrédulo por toda sua existência, pois, neste caso, a Sua morte seria em vão.

Se Cristo morreu por todos, sem exceção, todos, sem exceção, serão salvos, uma vez que Cristo teria incluído a todos sem exceção em sua morte. E já que todos sem exceção foram crucificados com Cristo, neste caso, todos sem exceção estão justificados do seu pecado, porquanto quem morreu está justificado do pecado. Romanos 6:7.

Este é o argumento dos universalistas, daqueles que acreditam que a morte de Cristo foi eficiente em favor de toda a humanidade, sem exceção. Este grupo prega que a salvação de Cristo, assim como o pecado de Adão, abrangeu a todos sem exceção e, que, portanto, todos sem exceção já estão justificados pela morte de Cristo Jesus, na cruz.

Entretanto, para Ambrósio,

se você for um incrédulo quando morrer, Cristo não terá morrido por você.”

Ora, se todos sem exceção foram incluídos na morte de Cristo, então os incrédulos que morreram na sua incredulidade foram salvos, já que Cristo morreu por eles também. Mas isto não é verdade. É aqui que precisamos entender a questão dos todos da Bíblia. Se nem todos creem e apenas os que creem podem ser salvos, então, Cristo morreu em favor de todos os que creem, sem distinção de raça, condição social, idade, etc.

A morte de Cristo Jesus foi em favor de todas as pessoas sem distinção de raça, crença, escolaridade ou qualquer outra diferença que tenham; todos os que vierem a crer. Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16.

João disse que Deus amou o mundo e não apenas o povo judeu, mas é preciso que aquele por quem Cristo morreu creia nEle e esta tarefa se deve ao Espírito Santo. Jesus foi claro quando referiu-se ao Consolador: Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque não crêem em mim; João 16:8-9. Não é o mundo todo, mas são todos do mundo que vierem a crer em Cristo, por meio da graça.

O Espírito convence sem distinção a todos os que creem, mas todos os que não creem, sem exceção, são responsáveis por sua incredulidade. A fé é dom da graça, porém a incredulidade é obstinação do rebelde. Para G. Campbell Morgan, a “incredulidade não é falha de compreensão intelectual. É desobediência face às ordens claras de Deus.”

Cristo morreu por todos os crentes, por isso, todos os que creem, sem distinção, estão justificados de todos os seus pecados. Se cremos podemos agradecer a Deus por sua graça, mas se não cremos, somos nós os únicos responsáveis.

Do velho mendigo, GP.

2 comentários sobre “O ESPÍRITO DA CRUZ .128 – OS TODOS DA BÍBLIA

  1. Discordo completamente desse argumento!
    “somos nós os únicos responsáveis.”
    Como somos nós!?
    Eu nasci incrédulo! Como eu sair da incredulidade? Foi minha responsabilidade ou foi uma escolha do próprio Deus antes de eu existir como ser humano!? Efésios 1:4,
    Deus chama somente os escolhidos, sua graça tem o poder de chamar qualquer incredulidade desde que este tenha sido escolhida previamente, antes da fundação do mundo, isso é a eficácia da sua obra! Ele salva somente quem foi escolhido! Isso é uma sua morte eficaz!! Na sua graça eficaz, e na sua justicacao eficaz. Se eu incredulo posso ter a responsabilidade de crer então todos podem absolutamente TODOS ! E ACREDITO QUE NÃO É ISSO QUE ESSE MENDINGO TEM PREGADO!!!

    MEU NOME É RICARDO

  2. Muito boa ponderação, velho mendigo.
    Aqui, na região de Araçatuba e Andradina, incluindo a pequena Lavínia, por onde passou o irmão Abuchaim, na década de 40, o Evangelho da graça ainda produz frutos. Ainda que muitos nem sequer sabem o nome ou lembrem-se dele, e jamais o viram.
    Mas o Senhor Deus viu, e regou o jardim. Ele tem reservado para si muitos homens que não dobram os joelhos a Baal.
    Parabéns pelo texto, e que meus parabéns em nada te alterem, pois aquele que elogia, “arma um laço”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s