O ESPÍRITO DA CRUZ .109 – O COMUNISMO DE JESUS

Um jovem universitário, trajando farda de militante e cingindo-se da ideologia com a cor – casca de romã, sugeriu-me: você não acha que Jesus era socialista? Como fique com um ar de reflexão, ele deu logo o tiro no alvo: – Jesus não foi o primeiro comunista?

– Acho que sim, mas preciso saber o que você quer dizer com comunista. Então, ele debulhou as cartilhas de Marx e Antônio Gramsci e delirou com um Jesus histórico, que se envolvera num processo político de redistribuição de riquezas, combate às castas sociais e desigualdade em todos os níveis da sociedade. E foi longe no seu devaneio treinado…

E agora? Acho que isto que você falou não se encaixa com aquilo que seria este socialismo comunista de Jesus. Eu creio que Jesus foi um homem coletivo, sim, e que veio com um programa solidário e igualitário, mas o seu comunismo tem uma vertente bem diferente desta apresentada por você. Vou tentar resumir o que penso aqui sobre isso.

Você falou numa redistribuição de riquezas e numa igualdade social. A questão é: quem vai redistribuir as riquezas? Será que não corre o risco do administrador desta redistribuição, seja: Estado, partido ou ditador, se tornar a elite no sistema, já que, quem parte e reparte, fica sempre com a maior parte? Será que a cúpula desse sistema não se distinguirá e acabe virando o pico da pirâmide, detendo mais poder e tendo mais grana?

Você falou que Jesus propôs redistribuir as riquezas. Então, quem concorda com a tese, diz: “a diferença do socialismo de Jesus para o socialismo político é simples. No socialismo de Jesus, você pega o que é seu e reparte com o próximo. No socialismo político você pega o do próximo e reparte com os seus”. Você já viu isto nos modelos políticos?

O silêncio do jovem mostrava a sua ruminação. Parecia fazer um exame no seu software mental; depois de um tempo, sacudiu a cabeça dando sinal que sim. Então, disse: o socialismo de Jesus sempre começa no coração e logo a seguir vai ao bolso, porém, sem nenhuma tirania ou desonestidade. Jesus foi pobre, mas enriqueceu a muitos.

Quero terminar dizendo que Jesus foi realmente comunista. Mas o comunismo dele foi na cruz. Ali, quando morreu, foi solidário conosco e nos levou a morrer com Ele. Paulo viu assim este processo jurídico: Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. Nada pode ser mais igualitário.

A cruz é o sinal de igualdade para uma sociedade injusta. O resumo é: não mais eu, mas Cristo. Cristão é o resultado da morte do eu na cruz e da nova vida dada na tumba. O sábio Matthew Henry afirmou: “o homem é feito para a sociedade, e os cristãos, para a comunhão dos santos.” Isto é o comunismo dos crucificados. E o jovem calou-se…

Mendigos, “quem já ouviu falar de um marxista que no leito de morte tenha pedido que lhe fosse lido O Capital?” Fico com a Bíblia de Jesus.

Do velho mendigo, GP.

Um comentário sobre “O ESPÍRITO DA CRUZ .109 – O COMUNISMO DE JESUS

  1. Que maravilha é este Deus comunitário. Nos igualou a todos em Cristo na cruz. Graças a Deus por esta inclusão e morte em Cristo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s