O ESPÍRITO DA CRUZ. 77 – QUEBRADO PRA SER INTEIRO !

Um coração quebrantado é o único coração inteiro, no reino de Deus. Se não houver quebrantamento de coração não haverá vida espiritual autêntica. Victor Alfsen disse: “Deus pode fazer maravilhas com um coração quebrantado, se você lhe entregar todos os pedaços,” além do que, fará das emendas motivos para ajudar a outros feridos.

Este mundo caída é um campo aberto de gente machucada, embora a maioria esmagadora tente esconder os seus ferimentos por vergonha ou soberba. Há muitos que preferem fingir que estão bem do que abrir a roupa e mostrar as lesões da alma.

Eu não posso esconder as minhas cicatrizes, pois elas mostram os sinais das minhas dores, o tratamento que as curou e a compaixão em favor dos que sangram. Não há sofrimento sem um propósito na vida dos cristãos. Sei que só terei misericórdia pelos outros, se tiver passado por alguma experiência que me desperte empatia.

O ferido que não se abre por vergonha de seus estigmas, não consegue ajudar na cura das chagas abertas de tantos, deixando-os abatidos. Só quem expõe as suas dores no confessionário da vida pode ser curado e ainda curar as feridas de outros.

A compaixão sempre busca alívio da dor alheia por saber, experimentalmente, os sintomas e os extertores de suas próprias dores. A passagem pelo sofrimento nos faz, naturalmente, compassivos. Alguém disse que só se compadece quem padece. Não há verdadeiro enternecimento se não houver internalização do martírio. Os calvários fazem parte dos processos terapêuticos e essa cura vem acompanhada por médicos feridos.

Conheço a história de um jovem que o pai o rejeitou no processo da gravidez, dizendo à sua mulher, que abortasse o feto indesejado. Ela não o fez e nunca contou ao filho, mas guardou uma mágoa cruel do marido por toda a vida e este luto íntimo atingiu a alma do menino desde o ventre. O rapaz se tornou um primor por fora, mas uma fera por dentro. Há uma ferida invisível que precisa de uma iluminação para ser percebida, bem como das mãos perfuradas pelos cravos, para poder ser curada.

Aqueles que forem curados vão fazer parte dos médicos feridos que tratam as feridas dos lesionados desta vida de horrores e horríveis histórias de crueldade. A Bíblia diz que o Altíssimo tem dois endereços: hábito no alto e sublime trono e no coração dos quebrantados e contritos. Ele mora, ao mesmo tempo, num palácio e num barraco e faz desta tapera o seu lugar de reconciliação com os molestados deste mundo esfacelado.

Mendigos, nós vivemos das esmolas da graça e Deus tem os seus métodos, como disse C. S. Lewis: “Deus sussurra em nossos ouvidos por meio de nosso prazer, fala-nos mediante nossa consciência, mas clama em alta voz por intermédio de nossa dor; esta é seu megafone para despertar um mundo surdo.”

Do velho mendigo, GP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s