espírito da cruz 28 – o exame do Enem espiritual

O crítico que começar consigo mesmo, não terá tempo de criticar os outros, diz um sábio anônimo. Não há agenda que comporte tanto assunto. O xis da questão é que o macaco nunca olha pro seu rabo, pois é sempre mais fácil vermos os defeitos alheios.

Havia um velho professor num colégio onde trabalhei, que tinha a fama de ser mitomaníaco. Para quem não sabe, um mentiroso. Ele contou que foi caçar e colocou 100 caroços de chumbo num cartucho e atirou num bando de 100 pombas, matando 99. Um aluno assustado o interpelou: professor??? – Você acha que eu vou mentir por uma?

Tem gente que não se enxerga, ou talvez pense que os outros sejam idiotas. É o caso do manco que não se avalia, enquanto critica os defeitos do perneta. Você já deve ter visto um sujo falando do mal lavado e o emburrado censurado o carrancudo.

É verdade que o apóstolo Paulo, nem está aí, com a questão do julgamento. A mim mui pouco se me dá de ser julgado por vós ou por um tribunal humano; nem eu julgo a mim mesmo, tampouco. 1 Cor 4:3. Alguém que já foi justificado não precisa se justificar. A justiça de Cristo é suficiente para os filhos do Altíssimo.

Todavia, Paulo insiste: Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não reconheceis que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados. 2 Cor 13:5. Julgamento nunca, exame, sempre. Precisamos de fato nos avaliarmos para não incorrer na incoerência entre o que dizemos e o que somos.

Alguém que prega sobre alegria deve ser alegre, não acha? Tenho que fazer o exame do Enem espiritual da coerência, senão, a pregação é nem isso e nem aquilo. Não é tanto o que prego, o que define a autenticidade da pregação, mas também como prego.

tumblr_nhrphtX3tk1sfie3io1_1280

Quem se avalia primeiro, criteriosamente, não sobrará tempo para censurar os demais, além de que, tem matéria suficiente para se ocupar. Thomas Lye foi na mosca: o homem que está muito ocupado em censurar os outros, está sempre pouco ocupado  em examinar a si próprio. É este ócio vil, que normalmente banca um péssimo negócio.

Gosto desse pensamento de Doug Barnett: nós, cristãos, jamais pensaríamos em atropelar, intencionalmente, outras pessoas com nosso carro; então, por que será que o faríamos com as nossas palavras? Não acredito em má fé, quando alguém foi salvo por Cristo. Deve haver uma razão vinculada com a velha cultura do passado. Só se for.

Mas, mendigos, nunca tenham medo de testar a si mesmos, com suas próprias palavras críticas. Quem não se critica, jamais poderá evoluir. Naquilo que vocês estiverem errados, não se defendam. Vejam também: quem já foi justificado não é ofensor, e se vier a ofender, peça perdão. Eis o espírito da cruz: apedrejar um filho de Deus é um trabalho sem salário, e, completamente inútil.

Do velho mendigo do vale estreito,

Glenio.

4 comentários sobre “espírito da cruz 28 – o exame do Enem espiritual

  1. Obrigado Jesus por suas palavras expressas pelo velho mendigo! Faz-me todo dia mendigo com ele, na Sua dependência!

  2. Que Abba nos conceda a cada dia o revelar de nossa total insuficiência humana, e a plena dependência da Vida de Seu Filho em nós. Faze-nos cada vez mais carentes, Senhor, do teu imenso Amor. Amém.

  3. Como nao vivi nos tempos de Salomão e nem de Jesus, e com meu conhecimento limitado, posso afirmar que o Pastor Glenio é a pessoa mais sabia que conheci, mesmo nunca que tenha trocado mais que algumas palavras basicas com ele, mas apenas lendo e ultimamente assistindo seus videos via youtube. Glenio é meu mestre na palavra sem saber que é. De um novo
    Mendigo do vale estreito, Henry.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s