espírito da cruz 27 – centro de confiança

Cristianismo não é o cristão exibindo um viver moral belo, como se fosse a vida de Cristo, para que os outros vejam que Cristo vive nele, mas é o próprio Cristo vivendo a Sua vida santa através do cristão, para manifestar o Seu amor em favor dos outros. Nada menos do que: não mais eu, mas Cristo vive em mim.

Sócrates foi um filósofo grego de conduta inatacável. Cornélio era um centurião das forças romanas de caráter impoluto. Saulo foi judeu religioso com um comportamento sem repreensão. Todos eles, entretanto, estavam perdidos espiritualmente.

tumblr_nbrszqSNYw1qfirfao1_1280

Ter um caráter sem jaça ou uma conduta moral impecável não quer dizer que a pessoa seja um crente em Jesus. Há muita gente, nesse mundo, que tem sua vida ilibada e irrepreensível, mas que nunca nasceu de novo. Talvez, Nicodemos fosse um. A questão aqui não é a moralidade inatacável, mas

onde está o centro da sua confiança?

Ninguém entrará no reino de Deus pelos seus próprios méritos, mas pela graça e misericórdia de Deus, em Cristo. Não é uma vida torna que nos impede de participar do banquete na Casa de Abba, mas a autoconfiança. Em quem você confiança? Em si?

Assim como não há uma autocirurgia do cérebro, também não há remoção da autoconfiança, por nós mesmos. Temos que ser crucificados, com Cristo, para podermos ser livres de nossa confiança própria. A fé baseada em alguém inconfiável não merece fé. Se o pecador pudesse crer, por si mesmo, a sua fé estaria corrompida pelo seu orgulho.

O incrédulo precisa morrer, juntamente com Cristo, para si mesmo, a fim de ser ressuscitado com Cristo, e, deste modo, receber a fé do Autor e Consumador, Jesus, para que creia em Cristo e viva, não mais como incrédulo, mas Cristo vivendo nele.

Repetindo: o cristianismo não é o cristão tentando viver a vida de Cristo. Não é uma exibição, como: em seus passos que faria Jesus? Não. A fé cristã é de Cristo, é por Cristo e é para Cristo. Não se trata de uma autoconfiança, mas da plena confiança no Alto dada pelo Altíssimo, para confiar na suficiência do Eterno.

Todo problema aqui se baseia na inteireza da fé: aquele que confia, precisa ser confiável, e, Aquele em quem se confia, deve ser a fonte da confiança. Se a fé vem de um ser inconfiável, ela não merece crédito. Como eu posso confiar em mim mesmo, uma vez que sou tão mutável, instável, volúvel e inconstante? Fé na fé se dissipa facilmente.

Jó era um homem justo, íntegro, temente a Deus e se desviava do mal e, ainda assim, ele só conhecia a Deus de ouvir dizer. A sua conduta era perfeita, mas a sua fé era de segunda mão. Ninguém pode crer em que não conhece. O espírito da cruz tem tudo a ver como a confiança e a dependência do Altíssimo. Mendigos, não tentem viver pela fé a partir de vocês, pois, só Cristo é cristianismo.

 

Do velho mendigo do vale estreito,

Glenio.

6 comentários sobre “espírito da cruz 27 – centro de confiança

  1. Ah como é bom quando somos chacoalhados para nos fazer voltar para a base certa do nosso crer.
    Obrigado Pastor Glenio.

  2. Toda vez que ouço a palavra cristianismo sempre me vem na mente os ismos criados pelo homem que fez e faz tanto mal a humanidade, é mais adequada pra ser usada para designar os fãs de algum Cristiano famoso.
    Pastor Glenio, tem algum e-mail que possa entrar em contato com você ou o Alexandre, Deus abençoe ainda mais sua vida, grande abraço.

  3. Mudei meu jeito de pregar após conhecer mais da graça.Foi uma resposta de Deus,que usou este irmão para falar comigo,através do livro Religião,bandeira do inferno,que li na prisão (cadeia mesmo!!!) onde me encontrava falido e sendo tratado por Deus.

  4. A religiosidade vã havia me matado espiritualmente,mas a graça e suficiência de Cristo confortou minha alma de tal maneira,fazendo-me enxergar o miserável mendigo que sou,que hoje eu vivo na leveza e suavidade do fardo e jugo de Jesus em tempo integral,como um morto para mim mesmo e para o mundo,mas vivificado totalmente para ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s