espírito da cruz 12 – papo furado ou fato apurado

Viver como zero num mundo em que a ambição é ser como dez, constitui-se no milagre sem explicação. O pecado tem como proposta tornar-nos, cada um de nós, como Deus. Logo, viver sem qualquer expectativa de importância, sem levar-nos a nós mesmos a sério, é algo fora de série, extraordinário, espantoso, miraculoso.

A anarquia caótica é exatamente a universalização dos absolutos. Você tem a mínima ideia do que seria esse planeta cheios de deuses soberanamente absolutos? É, exatamente isso, que o individualismo teomaníaco pretende estabelecer na terra.

É absolutamente impossível vivermos neste mundo sem uma pitada, por menor que seja, de altivez. Não conheço um bebê, que já tenha alguma mobilidade, que não se aproprie dos seus direitos de notoriedade, buscando algum grau de exaltação. É, por isso, que fica sem chance alguém se desestimar, quando a autoestima é o padrão natural.

Alguém estava comentado que certa pessoa tinha uma baixa auto estima. Para mim, isso é apenas o uso estratégico de se chamar a atenção de uma forma sutil. Não vi, ainda, um ser com baixa estima. O que vejo são soberbos se rastejando para consegui as suas migalhas de aceitação, usando esse expediente baixo. É cobra, cobrando o direito.

A única maneira de retirar o ser humano da passarela é matando. Calma! Não estou falando de assassinato. A morte aqui é compartilhada com Cristo. É a morte do réu, pecador, na mesma cruz com Cristo. É substituição da vida adâmica pela vida que nasce da tumba. É não mais o eu, mas Cristo vivendo em mim. Mas, é pena de morte pra todos.

img-2703-mentira

Contudo, isto não pode ser apenas uma doutrina. Não se trata de um conceito teológico ou uma idealização psicológica. Muitos de nós até pregam a mensagem da cruz, mas parece que não fomos pregados na cruz. Falamos bem convictos da co-crucificação e parecemos muito sinceros quando falamos, embora vivamos como se nada disso fosse verdade. Não se vê o espírito da cruz esculpido no nosso modo de viver.

Ter a mensagem correta da cruz é imperioso na pregação do evangelho, porém isso na basta. O que caracteriza a autenticidade da mensagem é o espírito na cruz agindo no modo de viver do crente. Alguém me disse, eu não creio naquele sujeito quando prega. Tudo o que ele diz está totalmente certo, mas ele não vive o que prega, convivo com ele!

Cristianismo autêntico não é sofisticado, é simples. Não é papo furado, é fato apurado no modo de viver de cada um de nós. A reputação é o que os outros pensam que nós somos; o caráter é o que Deus sabe que eu sou no escuro, quando ninguém me vê.

Se Deus sabe quem sou e mesmo assim Ele me busca com o seu amor eterno, por que quero parecer o que não sou? Mendigos, nada é mais absurdo do que um amado por Deus querer ser amado, por seus méritos.

No amor do Amado,

do velho mendigo do vale estreito, Glenio

Um comentário sobre “espírito da cruz 12 – papo furado ou fato apurado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s